Space Transcribers

PT/EN

December 2017

Sounds of my Neighbourhood

Soundscape workshop

 [text in english coming soon]

“Sons do meu Bairro” foi uma oficina levada a cabo com as crianças dos diferentes bairros sociais de Braga, na qual se pretendeu promover a sua sensibilização para a dimensão sonora das paisagens que elas habitam.


Para tal definiu-se que o foco da atividade consistiria em fornecer gravadores portáteis de som aos seus participantes, para que pudessem caminhar pelo seu bairro e registar paisagens sonoras. A partir desta premissa foi necessário dar resposta à pergunta “o que gravar?” e, sobretudo “o que escutar?”. O objetivo era estimular os participantes a cobrir e experienciar a maior variedade possível no que toca ao registo das paisagens sonoras dos seus bairros, levando assim à posterior definição daquilo que podemos chamar de um “programa de gravações”. Deste modo, em cada bairro, a cada grupo de duas a três crianças foi entregue um aparelho portátil de captação de som, juntamente com instruções para cumprirem as seguintes etapas de gravação: primeiro: gravar o local mais barulhento do bairro; segundo: gravar o local mais periférico do bairro; terceiro: gravar um local fechado; quarto: gravar o local mais calmo do bairro; quinto: gravar uma rua, praça, ou qualquer espaço público do bairro; e sexto: gravar o jardim do bairro. Entre cada etapa o grupo teria de especificar o local de gravação, de forma a efetuar-se num único suporte um mapeamento das gravações. Todos tiveram as mesmas instruções, contudo as sensibilidades e a subjetividade de cada grupo estimularam a diversidade das respostas. Cada um dos participantes teve a sua própria concepção de local mais calmo ou mais barulhento do seu bairro, trazendo assim resultados inesperados.

 

PROMOTOR

Braga City Council


PRODUCTION

Space Transcribers


DATE

December de 2017


PLACE

Braga, Portugal
Enguardas Social Housing Estate
Santa Tecla Social Housing Estate
Picoto Living Complex


COORDINATION

João Maia

Seguindo a função pedagógica e promovendo a colaboração, considerou-se que o mais importante seria exercitar nestas crianças uma certa sensibilidade e consciência para uma dimensão sonora dos seus ambientes vividos, sem no entanto impor um caminho rígido. As crianças foram incentivadas a seguir caminhos autónomos e flexíveis, desvinculados de paternalismos, permitindo-lhes sentir que o espaço que habitam não se esgota naquilo que a sua visão alcança. Como exemplos, ouviram: o som do autocarro a parar junto do seu bairro, seguindo depois para outros bairros da cidade; o som dos sinos de igrejas de outras freguesias; o som dos pássaros nos seus jardins, que viajam livremente pelo mundo e que pararam ali naquele preciso momento; o som do seu vizinho a tocar guitarra e cantar uma música que provavelmente foi criada noutro país há muitos anos; o som duma partida de futebol que se desenrolava às portas do seu bairro. 
Os registos audios foram depois arquivados numa base de dados do Soundcloud e expostos da exposição "Transcrever: Ações Participativas nos Bairros Sociais de Braga" que decorreu na Casa Esperança em Braga em 2017. Nesta exposição o visitante “caminhava” por uma instalação das paisagens sonoras captadas pelas crianças dos bairros, e sentir que podia plenamente estar tanto na sua imaginação como no seu bairro. O que une as experiências distintas destes dois agentes a que esta atividade apela é o momento em que, pela desvalorização propositada da experiência visual, todos os nossos códigos culturais que dão significado às nossas experiências caem por terra, dando lugar a um “silêncio insuportável”. Este silêncio só é insuportável enquanto não começarmos a escutar - a partir daí abre-se a possibilidade de aprender a “olhar” de novo. Contrariando uma inclinação natural da nossa cultura para uma representação puramente visual da realidade, permitimo-nos deste modo, a novas abordagens aos lugares e problemas que enfrentamos.

Datasheet

“SOUNDS OF MY NEIGHBOURHOOD”: SOUNDSCAPE WORKSHOP

December DE 2017
 

PROJECT

(RE)ESCREVER O NOSSO BAIRRO
 

PROMOTOR

CÂMARA MUNICIPAL DE BRAGA
 

PRODUCTION

SPACE TRANSCRIBERS
 

COORDINATION

JOÃO MAIA (SPACE TRANSCRIBERS)
 

PARTICIPANTS

Enguardas Social Housing Estate
Adolfo Emílio
Delsio Monteiro
Eduardo Gracias
Jadiana Pinto
Matias Pereira
Michael Jesus
Nataniel Monteiro
Nayara Pinto
Samir Montoia
Tâmara Gracias
 

Santa Tecla Social Housing Estate
André Maia
Gerson Maia
José Pinto
Juliano Cabreiras
Sandro Matos
Sara Nascimento
 

Picoto Living Complex
Carlos
José Montolha
Júnior Guedes
Lais E.
Manuel Salazar
Mara Andreina Maia

 

SUPPORT

Enguardas Social Housing Estate Residents’ Association
Red Cross, Braga delegation – Geração Tecla E6G
 

FINANCIAMENTO

PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO NORTE – NORTE2020
FUNDO SOCIAL EUROPEU