Space Transcribers

PT/EN

  • Fotografia de Maria Lima
  • Fotografia de Maria Lima
  • Fotografia de Maria Lima

Outubro 2017

Diz-me Tu

Histórias SocioEspaciais de Mulheres Ciganas nos Bairros Sociais de Braga

“Diz-me Tu” pretendeu mapear histórias sócio-espaciais de 9 mulheres Roma anónimas e seleccionadas através do estudo dos seus fluxos espaciais e da sua correlação a três escalas: à escala doméstica; à escala do espaço-público do bairro e à escala da cidade. 

 

“Diz-me Tu”: Histórias Sócio-Espaciais de Mulheres dos Bairros Sociais de Braga, foi uma atividade desenvolvida com mulheres Roma em três bairros sociais de Braga: Bairro das Enguardas; Bairro de Santa Tecla e Complexo Habitacional do Picoto. Esta atividade desdobrou-se através de uma investigação sócio-espacial e etnográfica que se focou em entender a heterogeneidade étnica existente dentro da comunidade Roma destes bairros, segundo uma perspectiva feminina. “Diz-me Tu” pretendeu mapear histórias sócio-espaciais de 9 mulheres Roma anónimas e seleccionadas (3 por bairro), através do estudo dos seus fluxos espaciais e da sua correlação a três escalas: à escala doméstica; à escala do espaço-público do bairro e à escala da cidade. Deste modo, esta atividade foi desenvolvida ao longo de diversas fases. A primeira fase catalisou-se através de um diálogo aberto e informal com cada uma das mulheres, numa relação de um para um(a), onde se procurou abordar, questionar e representar através do desenho e do registo audiovisual as suas histórias de vida, dando especial destaque às suas relações de mobilidade espacial e emocional dentro de espaços que lhe são próximos e familiares, como a sua casa, o seu bairro e a sua cidade. Perguntas como: “Qual a tua rotina diária?”, “Que espaços (não) utilizas no bairro?”, “De que modo te moves na cidade?”, permitiram explorar e aprofundar os simbolismos inerentes às tradições étnicas destas mulheres, às suas rotinas diárias, às suas apropriações no bairro, aos seus medos e aos seus desejos. A segunda fase, definiu-se como uma fase de produção e edição artística sobre os diálogos e os conteúdos registados, que teve como principal objetivo o mapeamento, e a posterior análise e comparação sobre as diversas especificidades sócio-espaciais de cada um(a) do(a)s mapas/histórias/mulheres. Finalmente, a terceira e última fase, prevê a divulgação de 9 mapas sócio-espaciais de mulheres e de um vídeo que é documental de todo o processo dialético com estas mulheres, não só para os os habitantes do bairro mas também para os cidadãos da cidade de Braga, através da presente exposição.
A representação étnica e simbólica das histórias femininas presentes nestes bairros, não pretende esgotar-se em si mesma. Ao invés procura ser o início de um outro diálogo que tenha como objetivo primordial o desdobramento de noções estabilizadas e homogeneizadas da cultura Roma, nomeadamente no estatuto e na posição sócio-espacial da Mulher Roma contemporânea de Braga. A mulher, filha, mãe, esposa, e avó que (sobre)vive segundo ambivalências contraditórias entre a persistência de heranças simbólicas, as tradições étnicas, e as problemáticas e negligências político-sociais ainda presentes em Braga.

PROMOTOR

Câmara Municipal de Braga
 

ORGANIZAÇÃO

Space Transcribers
 

DATA

Outubro a Dezembro de 2017
 

LUGAR

Braga, Portugal
Bairro Social das Enguardas
Bairro Social de Santa Tecla
Complexo Habitacional do Picoto

 

COORDENAÇÃO

Fernando P. Ferreira

 

APOIO

Maria Lima

Maria Maia

Pétilin Souza

Ficha Técnica

“DIZ-ME TU”: HISTÓRIAS SOCIOESPACIAIS DE MULHERES CIGANAS NOS BAIRROS SOCIAIS DE BRAGA

OUTUBRO A DEZEMBRO DE 2017
 

PROJETO

(RE)ESCREVER O NOSSO BAIRRO
 

PROMOTOR

CÂMARA MUNICIPAL DE BRAGA
 

ORGANIZAÇÃO

SPACE TRANSCRIBERS
 

COORDENADOR

FERNANDO P. FERREIRA (SPACE TRANSCRIBERS)
 

PARTICIPANTES

9 MULHERES ANÓNIMAS DO BAIRRO SOCIAL DE SANTA TECLA, BAIRRO SOCIAL DAS ENGUARDAS E COMPLEXO HABITACIONAL DO PICOTO

 

APOIO

CRUZ VERMELHA, DELEGAÇÃO DE BRAGA — GERAÇÃO TECLA (PROGRAMA ESCOLHAS)
MARIA LIMA
MARIA MAIA

PÉTILIN SOUZA

 

FINANCIAMENTO

PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO NORTE – NORTE2020
FUNDO SOCIAL EUROPEU